Hà funcionàrios da Camara Municipal de Cantanhede e elementos da G.N.R, que andam com dordecorno!.

Publié le par FACE OBSCURA DA LEI

DSC03514Elementos da G.N.R e funcionàrios corruptos da Camara Municipal de Cantanhede ,

andam com dordecorno.

 

Effectivamente estes andam muito incomodados com o dinheiro que eu gasto com o meu advogado, na defesa dos meus direitos pessoais e de propriédade.

 

Concerteza que estes xuxas,

 se eu perde-se os processos com os amigos do tacho de Cantanhede,

ficavam felizes de me verem falido com todas as injustiças que os corruptos de Cantanhede, me andavam a carregar durante 4 anos.

 Desde de 2004 a 2007. 

 

Quando me lembro que um dos amigos desses xuxas,

 o Dr Gaspar Mendes num processo com testemunhas que estavam bem preparadas a mentir, me tentou burlar mais de

 "100 000 euros" cem mil euros, 

 com o meu novo advogado fui absolvido. 

 

por causa de meter os dizeres de uma placa da Policia Federal do Brasil, no meu terreno!!

  Dizeres:

 "Corrupção, ou se acaba com ela ou ela acaba com o pais!" 

 

Os bandidos, Reis de Cantanhede, logo viram que podiam comer muitos tachos a minha custa, e ainda me metiam na prisão, tudo numa boa!!...

 

Eram ladroes e cobardes sem vergonha em plena acção, na Quinta dos Reis de Cantanhede.

 

Prefiro sim com o meu dinheiro,

 pagar a um advogado que respeita a ética,

é digno, isento e parcial, na defesa dos meus direitos como cidadão,

 

agora,

 ser forçado com injustiças a dar o meu dinheiro atravéz de multas e indeminizaçoes,

 engordar os corruptos, Reis de Cantanhede,

 isso nao.

 

Reis, que iam continuar a condenar outros inocentes...

Tudo num pais de democracia,

 seus porcos!!!!

 

Para uma melhor compreensão dos amigos, que estão com dordecorno,

vou colocar aqui um exemplo que concerna duas naçoes:

 

Uma delas subtraiu de uma outra, ferindo o direito, um quilometro quadrado de territorio deserto, destituido de valor.

Deverà a segunda nação desencadear uma guerra?

Eu considero o problema absolutamente do mesmo prisma de teoria da paixão dos meus processos, que começaram com uma tentativa de burla e o estacionamento abusivo do tractor do meu vizinho parasita, com a complicidade dos G.N.R.s mentirosos intervinientes!

 

Que importãncia tem um quilometro quadrado de terra estéril diante de uma guerra cujo custo é a vida de milhares de pessoas, a presença da dor e da miséria em choupanas e palàcios, a despeza de milhoes e bilhoes de euros do Estado e provavelmente, a a ameaça da propria sobrevivencia do Estado?

Seria, por certo, uma estupideza e perversidade fazer um tal sacrificio por um objecto tão infime.

Deveria ser esta a minha decisão e a da nação se fossem avaliados segundo o mesmo padrão!!.

Todavia esses agentes corruptos com dordecorno, teriam que indicar outro parecer a nação.

Pois esses cornos, se fossem testemunhas de um povo que permanecesse calado diante de uma tal afronta, ratificariam a condenação desse povo à sua extinção. 

 

Effectivamente um povo que permita passivamente que lhe seja tomado um quilometro quadrado sem reagir, acabarà por perder todo o seu territorio. E quando nao tiver mais nada a perder, terà de desaparecer como Estado. Eu tenho a acrescer que ésta nação nao merecia outro destino.

 

CAPITCHO CORRUPTO!!!!

 

Mas se o povo dessa nação se defender por causa de um quilometro quadrado sem cogitar o valor deste, porque é que eu não deveria tambem agir da mesma forma contra a tentativa de burla e o estacionamento abusivo do trator do meu vizinho parasita e com a complicidade dos G.N.R.s mentirosos intervinientes?

Ou deveria eu consolar-me, com a frase: quod licet Jovi, nom licet bovi?

 

 

 

O povo deve e tem de lutar não pelo quilometro quadrado,

mas por si mesmo, por sua honra e a sua independencia!,

 

no mesmo modo que nos meus processos,

pois trata-se de se defender de um infamante desprezo ao meu direito.

 

Esses corruptos deviam de saber, que o que està aqui em questão não é o futil objecto da disputa, mas é o objectivo ideal, ou seja, a afirmação da minha pessoa e do meu sentimento de direito natural.

 

Para mim não tem importãncia os sacrificios e dificuldades que me estão vinculados ao ver desenrolar todos os meus processos.

 

O objectivo final compensa todos os meios de sacrificio.

Nao é um prosaico interesse por dinheiro que me leva a instaurar todas as demandas processuais, mas sim a minha dor moral que foi provocada com uma condenação injusta sofrida.

 

Condenação, que foi baseada de mentiras de elementos da G.N.R. e amigos do meu vizinho o parasita.

 

Agora não se trata de recuperar qualquer objecto,

mas sim de fazer valer o meu bom direito.

 

Uma voz interior me diz que não posso me retrair, que o que està aqui em jogo, nao é um objecto

destituido de valor, mas sim a minha pessoa, a minha honra, o meu sentimento do direito, a minha auto estima.

  

  com as minhas greves de fome,

 os meus processos transformaram-se numa questão de caractér,

ou seja, de afirmação ou de abandono da minha propria personalidade...

 

Quando não conseguir afirmar mais a minha propria existencia,

e voltar a ser novamente enxovalhado e humilhado com mentiras,

serà melhor ser um cão do que um homem!..

 

Fernando Sérgio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publié dans Boas vindas

Commenter cet article