EM CANTANHEDE "O REI VAI NU"

Publié le par FACE OBSCURA DA LEI

"O REI VAI NU"


Era uma vez um rei muito vaidoso e que gostava de andar muito bem vestido.
Um dia vieram ter com ele dois trapaceiros que lhe falaram assim:


- Majestade, sabemos que o senhor gosta de andar sempre muito bem vestido - bem vestido como ninguém; e bem o merece!


Descobrimos um tecido muito belo e de tal qualidade que os tolos não são capazes de o ver.

Com uma roupa assim Vossa Majestade poderá distinguir as pessoas inteligentes das tolas, parvas e estúpidas que não servirão para a vossa corte.


- Oh! Mas é uma descoberta espantosa! - respondeu o rei. Tragam já esse tecido e façam-me a roupa; quero ver as qualidades das pessoas que tenho ao meu serviço.


Os dois homens tiraram as medidas e, daí a umas semanas, apresentaram-se ao rei dizendo:
- Aqui está a roupa de Vossa Majestade.

O rei não via nada, mas como não queria passar por tolo, respondeu:
- Oh! Como é bela!


Então os dois aldrabões fizeram de conta qua estavam a vestir a roupa com todos os gestos necessários e exclamações elogiosas:


- O senhor fica tão elegante! Todos o invejarão!


Como ninguém da corte queria passar por tolo, todos diziam que a roupa era uma verdadeira maravilha. O rei até parecia um deus!


A notícia correu toda a cidade: o rei tinha uma roupa que só os inteligentes eram capazes de ver.


Um dia o rei resolveu sair para se mostrar ao povo. Toda a gente admirava a vestimenta, porque ninguém queria passar por estúpido,


até que, a certa altura, uma criança, em toda a sua inocência, gritou:
- Olha, olha! O rei vai nu! 


Foi um espanto! Gargalhada geral.

Só então o rei compreendeu que fora enganado.

Envergonhado e arrependido da sua vaidade,

correu a esconder-se no palácio.


Fernando Sérgio

Publié dans Boas vindas

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article

Fernando Cardoso 27/11/2009 19:45


Digníssimo Dr.Fernando Sérgio, gostaria de enviar-lhe um texto sobre a história da corrupção no Brasil, desde a colonização dos portugueses em 1549, em que o primeiro governador geral do Brasil,
nomeado por portugal, trouxe consigo o Sr. Pero Borges, nomeado primeiro ministro da justiça do Brasil,que 2 anos antes havia sido condenado a nunca mais ocupar cargo público, por receber propina
de um empreiteiro de obra em Portugal, favor me enviar seu contato de email para que lhe passe essa história interessante de quase 500 anos atrás que ainda vimos presente nos dias de hoje.


Pedro Espirito Santo 27/10/2009 00:22


Força meu amigo, concordo e compreendo perfeitamente a situação e já nos anos 30 algum poeta dizia que este é um pais de invejosos.Sem dúvida pois já sinto na pele os efeitos de outra máfia
instalada em Santarém de onde infelizmente sou natural e onde proliferam as tais "cabras do monte" que nada fizeram por este país mas mal chegam já têm direito a rendimento mínimo,amas para os
filhos que desprezam e usam para pedir esmolas e enganar tribunais contra quem trabalha e dá descontos a esta vergonhosa segurança social que temos. Entre outros desaires, fiz a parvoíce de confiar
na família e investir numa propriedade comum com a promessa de a ter toda em meu nome quando fosse necessário, após dez anos negaram as promessas e após vinte ainda aqui estou, mas, com vontade de
aqui meter uma máquina e deitar tudo ao chão antes de sair para Angola ou Brasil com uma empresa de turismo (por a minha companheira ser cozinheira de primeira) e outra de peças e acessórios
inovadores para camiões (porque sempre me interessei por maquinaria pesada).Neste momento estou a ser "embrulhado" por uma dessas "cabras do monte" a quem dei trabalho,tirei a fome e aos filhos e
incrivelmente nada do que digo merece crédito ou sequer ser investigado, pelo contrário, os processos são sumariamente concluídos e sou notificado para pagar despesas de tribunal sobre processos
que nem levantei nem fui ouvido! Por tudo isto e mais algumas razões, estou decidido a vender tudo o que cá tenho, levantar uns quantos processos contra certos senhores funcionários públicos e essa
dita "cabra do monte" (sobre a qual tenho argumentos e testemunhas que a podem levar à cadeia) e sediar as empresas em países que não sendo melhores em direitos humanos, são muito melhores na
mentalidade e na vontade de evoluir, com muito mais potencial de mercado e muito mais necessidades que este canto que nem ao rei "Espanhol" da altura do Afonso Henriques interessou, senão tinha-lhe
cortado o pipo e agora éramos Espanhóis mas certamente estaríamos bem melhor! Noutra perspectiva também vejo alguma inutilidade no dispêndio de recursos financeiros pois certamente, como no seu
caso, os processos serão analisados, arquivados e cobrados pelos senhores todos poderosos do costume. Alternativa: venda de propriedades, deslocação de empresas, renuncia desta nacionalidade
vergonhosa e dar o devido desprezo a quem nada mais merece. Não resisti a desabafar um pouco do que me atormenta, fico chocado com certos crimes e criminosos que andam à solta nesta republica das
bananas sem rei nem rock! Mais uma realidade chocante, a invasão de chineses e lojas de chineses com produtos sem o mínimo de qualidade, a maioria dos quais sem homologação europeia, mas são
subsidiados a fundo perdido com dezenas milhares e ainda ficam isentos de impostos durante cinco anos enquanto quem cá trabalha e sempre descontou e pagou impostos não tem direito a tostão furado..
Será isto um estado de direito?!? Certa e unicamente do direito de quem está nos poleiros! Boa saúde, boa continuação e bom sucesso nessa saga interminável em que tropeçou. Saúde!!


CATARINA SOUZA F. 13/02/2009 18:29

SEU ARMAND você é medroso ou muito idiota ,SE o fernando lopes tem razão, ele vai aceitar esses mentirosos passar á perna nele. É MUITO FÀCIL PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É AGUÁ NÃO DOI, SÓ SE FOSSE CONTIGO.

FACE OBSCURA DA LEI 13/02/2009 01:05

Senhora Maria de Lurdes o meu mail é: fernando-gomes.lopes@hotmail.fr / obrigado pela sua colaboraçao, darems cabo deles..........

Maria de Lurdes Lopes Rodrigues 11/02/2009 15:23

É preciso criar um site, com o nome de todos os Juízes, Procuradores e advogados corruptos deste País. Juntar todos os casos.
Mande-me o seu correio email, e eu envio cópia do meu caso. Estou disponível para trabalhar consigo nesta denúncia da corrupção e abuso de Poder o Estado Português. Que é urgente! Até Já. Maria de Lurdes (marialurdeslr@sapo.pt)