Juiz processado, nao pronunciou contra Direito o arguido "Gaspar Mendes" advogado!

Publié le par FACE OBSCURA DA LEI

Este artigo é a atençao expressa do Senhor Dr Manuel Figueiredo, juiz de direito, do Tribunal Judicial de Cantanhede.

Sr juiz, a sua conducta, continua a motivar a minha indignaçao, dando-me  cada vez mais coragem para combater estas injustiças ...

Recebi o novo despacho da decisao instrutoria,
onde NAO fiquei surpreendido, vindo da sua parte!!!.


Sr Manuel Figueiredo "juiz de direito", acabei por perder agora, o jà pouco respeito e consideraçao que tinha por si.

O senhor vem agora dia 11/12/2008, prejudicar-me novamente ao indefirir o requerimento do meu ilustre mandatàrio relativamente ao adiamento do debate instrutorio!!!

Pois deveria saber que o debate podia ser adiado por absoluta impossibilidade de ter lugar, por uma vez, isto com fundamento legais.   ART N°300 do CPP,

Ainda por cima, sabe perfeitamente que em 2007, meti uma acçao contra si e o Estado Português, e vc logo  reagiu por vingança com uma queixa crime contra mim, por difamaçao, em Dezembro de 2007 no Tribunal da Mealhada.

Quando eu soube que vc me tinha metido ésta queixa crime em represàlia à minha queixa,

apresentei em Novembro de 2008 nova queixa crime onde o acuso de ter cometido com a sua conduta:

os crimes de difamaçao, de denuncia caluniosa, de denegaçao de justiça e prevaricaçao, de favorecimento pessoal praticado por funcionàrio, de abuso de poder,

crimes  que foram repetidos em vàrios processos,  com penas de prisao que podem chegar até dezenas de anos, por todos os crimes praticados a meu prejuizo.

SR Manuel Figueiredo, um juiz de direito que se encontre na sua situaçao:
devia de ser honesto, justo,  leal às suas funçoes,
devia de ter
um pouco de vergonha na cara,
devia requerer escusa em cada um dos meus processos,


porque um juiz "vc" que é queixoso contra um cidadao,
que o mesmo cidadao"eu" é queixoso em dois processos contra si,
nao pode continuar a ser juiz nos seus processos e a decidir!!!


Recordo que estamos numa democracia, e que qualquer pessoa tem
direito a que sua causa seja examinada  equitativamente e publicamente,
e isto num prazo razoàvel por um tribunal independente e imparcial.


Responda, porque é que eu nao tenho o Direito a um processo equitativo?

Vem agora, novamente neste processo N° 300/07.9TACNT, declarar o seguinte:         
" Verifica-se, assim, que nao merece censura a decisao do ministério publico, pelo que se decide nao pronunciar o arguido pela pràtica dos factos descritos na acusaçao formulada pelo assistente e, em consequência, determinar o arquivamento dos autos".

A PLACA  NAO  FOI METIDA NO DIA DEPOIS DA SUA EXMA COLEGA TER IDO AO LOCAL, EM MARçO DE 2006, AS TESTEMUNHAS QUE DISSERAM QUE FOI NO DIA SEGUINTE MENTIRAM DESCARADAMENTE, MAIS UMA VEZ,
A G.N.R  DE CANTANHEDE ENCAMINHOU O INTERROGATORIO DAS TESTEMUNHAS PARA A MINHA GARANTIDA CONDENAçAO!!.......  

O Sr,  AINDA nao tinha verificado que todos os processos estavam pré-fabricados,   so com falsos testemunhos, para me crucificarem !!!!

Tambem reconheço que o senhor em audiencias tem feito muitos esforços, para nao fazer prova,
fazendo desta forma obstàclo à descoberta da verdade.


O que é completamente ilegal.

Ainda insatisfeito, tem agido a meu encontro como um ditador,
por vingança e raiva!


Sabe que a sua classificaçao de acordo com o seu mérito no exercicio de poderes decorrentes do cargo que exerce, éra por mim classificada de mediocre!.

Também lhe recordo que no processo n°49/98.5YRCBR de escusa no TRC,
em principios de 2008 o Sr foi muito VICIOSO !
dissimulou a sua queixa crime contra mim de dezembro 2007 ao Tribunal da Relaçao de Coimbra e enganou os juizes desembargadores ao dizer:

"so me resta sublinhar que nada de pessoal me move contra o assistente no processo de onde emerge o incidente o que me parece que aquele nao avança razoes validas que permitam afastar o principio do juiz natural".

( nada de pessoal me move contra o assistente no processo de onde emerge o incidente ) !!!!!!!!!!

O seu comportamento é completamente injusto,
dà para fazer rir qualquer cidadao do mundo,
mesmo os cidadaos sem qualquer instruçao....

Porqué tanta mà fé!......

so quem  nao quer ver, é  que nao vè que  o "rei vai nu"

Nao sou juiz natural, mas como homem justo e leal àos meus deveres como cidadao, ainda Portugues, sei que està completamente fora da lei e vai ter de responder por isso e assumir as suas consequencias.

Em Cantanhede nega-me o Direito, logo eu fico sem deveres,  nao é?

O sr aqui em França, nem para limpar esgotos prestava.
.....................................................................................................................................................
                                                                                                                                                                               
Mas é interessante o que o nosso actual PGR disse no jornal do CM do 26/12/08,

"Pinto Monteiro sublinhou que “se há alguma coisa que é prioritária para o actual PGR é o fim do sentimento de impunidade” e assegurou que “a lei é igual para todos”.

Fico a aguardar o respeito da promessa, do meu lado farei o necessario,  para ele nao esquecer e ter vergonha na cara.

Eu so quero a verdade e  justiça,
como sabe perfeitamente!

Cantanhede com a nova geraçao, tem que entrar nos eixos.

Fernando Sergio

Publié dans MINISTERIO PUBLICO

Pour être informé des derniers articles, inscrivez vous :

Commenter cet article

ALZIRA 13/02/2009 18:35

CARO ARMANDE SE VC NÃO ENTENDE O CASO, ENTÃO NÃO FALE BESTEIRAS.VAI LAVAR ROUPA.