pedido a Relaçao afastamento de juiz

Publié le par FACE OBSCURA DA LEI

Debate instrutorio marcado para o dia 17 de janeiro de 2008.
 
no Tribunal de Cantanhede relativo a uma queixa apresentada contra dois militares da G.N.R. e o meu vizinho voltou a nao se efectuar.

Desta vez devido à apresentaçao de incidente de recusa de intervençao nos autos do juiz Manuel Figueiredo,
 
havendo motivos sérios e graves, adequados a gerar desconfiança da imparcialidade deste magistradoundefined.

Esta desconfiança, motivou-me para deduzir e requerer ao Tribunal da Relaçao de Coimbra o afastamento do magistrado através da apresentaçao de um incidente de recusa de intervençao nos autos do juiz,
 
solicitando àquele Tribunal que seja nomeado um juiz, fora da comarca de Cantanhede.

Este magistrado, até tinha motivos sérios que justificavam um pedido de escusa, do proprio.... 

Este incidente de recusa do juiz , jà ,originou pela segunda vez consecutiva, o cancelamento da realizaçao do debate instrutorio relativo às queixas que eu apresentei contra os G.N.R., 

por parcialidade, na actuaçao destes militares no litigio que tenho com o meu vizinho.

Estes elementos da G.N.R., sao perseguidos por,

alegadamente ,fazerem constar de um auto ocorrencia, factos que nao eram verdadeiros, "falsos".

Sei perfeitamente bem que o juiz, jà,  nao se sentia muito confortàvel nesta causa.

Mas considero que como cidadao portugues, tenho o direito, 

a que me seja administrada justiça com isençao e imparcialidade.


Fernando Sérgio














Publié dans GNR

Commenter cet article